Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Travão aos vistos gold entra em vigor em 2021

Garantia é dada por Tiago Antunes, secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro.

Autor: Redação

A fim da atribuição de vistos gold nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto na sequência de investimentos imobiliários está a gerar alguma confusão. Segundo Tiago Antunes, secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, trata-se de uma medida – aprovada na especialidade na sequência de uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) – que ainda vai demorar algum tempo a entrar em vigor. 

“Foi previsto que, para não afetar eventuais situações em curso, estas alterações, que são perfeitamente justificadas e fazem todo o sentido, pudessem entrar em vigor apenas no início do próximo ano”, revelou o governante, em declarações à TSF. 

Tiago Antunes disse, de resto, não ter ter conhecimento de contratos que tenham sido suspensos ou cancelados devido às novas regras que entrarão em vigor com o OE2020. Algo que Hugo Santos Ferreira, vice-presidente da Associação Portuguesa dos Promotores e Investidores Imobiliários (APPII), adiantou estar a acontecer.

Nesse sentido, e para conferir alguma tranquilidade ao mercado imobiliário, o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro alertou para a importância de “espalhar esta mensagem, que, pelos vistos, ainda não é suficientemente conhecida”. 

Tiago Antunes disse esperar que não seja introduzida “qualquer alteração em eventuais negócios que estejam em curso”. “É preciso dar a conhecer isso e explicar ao mercado que não há qualquer perturbação que justifique o cancelamento de negócios que tivessem em perspetiva. O que há é um período de ajustamento até ao final do ano para as novas regras entrarem em vigor”, concluiu.