Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

construção e imobiliário representam 55,3% do crédito malparado

o malparado nas empresas aumentou para um valor recorde de 10,1%
Autor: Redação

a maior parte do crédito malparado das empresas (55,3%) é relativo aos sectores da construção (37,4%) e imobiliário (17,9%). ou seja, do total de 10.837 milhões de euros de cobrança duvidosa verificada em novembro do ano passado, 4.051 milhões dizem respeito à construção e 1.943 milhões às actividades imobiliárias

de acordo com o dinheiro vivo, que se apoia nos dados do banco de portugal (bdp), o crédito de cobrança duvidosa das empresas de construção e imobiliário aumentou face ao mês anterior (outubro), sendo que são os sectores que mais preocupam a banca. no geral, o malparado nas empresas aumentou 10,1%, um novo recorde desde que bdp faz a compilação destes dados: dezembro de 1997