Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Compra igual ao arrendamento na procura de casa

Portugal é um país de proprietários, mas há cada vez mais inquilinos.
Autor: Redação

Quando os portugueses procuram hoje uma casa, as opções dividem-se: 50% da pesquisa vai para o arrendamento e os outros 50% para a compra. E se antes esta percentagem só aconteceu na região da Grande Lisboa, pela primeira vez em todo o território nacional verificou-se que a procura de casa representou a mesma percentagem entre o arrendamento e a compra.

Os dados, citados pelo semanário Sol, são do Inquérito Mensal de Conjuntura (IMC) da APEMIP - Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal referente a outubro. No que diz respeito ao número médio mensal de imóveis arrendados, nesse mês cerca de 45,5% dos participantes do IMC referiram que em termos médios mensais foram efetuados até três contratos de arrendamento residencial, já 27,3% indicaram entre três e cinco arrendamentos concluídos.