Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Entrecampos

Últimas notícias sobre "Entrecampos" publicadas em idealista.pt/news

Projeto imobiliário de Entrecampos fará nascer novo centro de negócios e habitação em Lisboa

Miguel Santana, administrador da Fidelidade Property Europe, não tem dúvidas de que o projeto imobiliário nos antigos terrenos da Feira Ppoupar “vai criar uma nova centralidade em Lisboa”.

Notícia sobre:

Mais-valia da venda da Feira Popular de Lisboa reinvestida em casas com rendas acessíveis

A Câmara de Lisboa conseguiu vender os terrenos da antiga Feira Popular, em Entrecampos, por um valor superior ao esperado. A Fidelidade pagou 274 milhões à autarquia, mais 85,5 milhões do que o preço-base. O presidente da autarquia, Fernando Medina, já veio dizer que vai utilizar o dinheiro para investir em habitação a custos acessíveis.

Notícia sobre:

Terrenos da Feira Popular de Lisboa comprados pela Fidelidade por mais de 200 milhões

A Câmara de Lisboa conseguiu, finalmente, fechar o processo de venda dos terrenos da antiga Feira Popular. A hasta pública, realizada esta quarta-feira de manhã foi bastante renhida e acabou com êxito, tendo como vencedor a Fidelidade Properties. A empresa pagou cerca de 274 milhões de euros de euros pelos lotes onde vai construir a sua sede.

Notícia sobre:

Será desta? CML volta hoje a tentar vender terrenos da Feira Popular de Lisboa

Após vários adiamentos da hasta pública e tentativas de venda falhadas, é a quarta vez que a Câmara Municipal de Lisboa (CML) procura hoje - dia 12 de dezembro de 2018 -  alienar duas parcelas e dois lotes de terreno da antiga Feira Popular, na zona de Entrecampos. Em cima da mesa, há propostas das empresas Fidelidade Property Europe, SA., Dragon Method, SA., e MPEP – Properties Escritórios Portugal, SA..

Notícia sobre:

Hasta pública dos terrenos da antiga Feira Popular (outra vez) adiada para 12 de dezembro

A terceira tentativa de venda dos terrenos da antiga Feira Popular de Lisboa, em Entrecampos, não se realizou, tendo a hasta pública em causa sido novamente adiada: estava prevista para ontem, dia 3 de dezembro de 2018, e foi agora agendada para dia 12. A CML tem em mãos três propostas. 

Notícia sobre:

Fidelidade Property, Dragon Method e MPEP na corrida ao projeto de Entrecampos

Fidelidade Property, Dragon Method e MPEP Properties Escritórios Portugal foram as três empresas que concorreram à hasta pública dos terrenos da antiga Feira Popular de Lisboa, que integra a chamada Operação Integrada de Entrecampos. A venda foi adiada pela Câmara de Lisboa pela segunda vez devido a dúvidas do Ministério Público.

Notícia sobre:

Feira Popular: CML cria via verde dos licenciamentos para tentar que (desta vez) hasta pública tenha êxito

Os antigos terrenos da Feira Popular de Lisboa vão (outra vez) a leilão em novembro e a autarquia já definiu o que se pode construir em cada um dos lotes, no âmbito da chamada Operação Entrecampos. O município quer evitar que a nova hasta pública “fique às moscas”, e criou uma espécie de “via verde” para os novos licenciamentos.

Notícia sobre:

Lisboa: Câmara “anexa” quase três hectares de arruamentos para permitir construção em Entrecampos

A solução encontrada pela Câmara de Lisboa para viabilizar a Operação Integrada de Entrecampos, na qual os terrenos da antiga Feira Popular são a âncora de um projeto urbanístico, passa pela “anexação” de espaços da via pública equivalentes a três campos de futebol.

Notícia sobre:

Lisboa: terrenos de Entrecampos vão a hasta pública por 188,4 milhões

A CML vai tentar vender outra vez, em hasta pública, duas parcelas de terreno e dois lotes na zona de Entrecampos, com um valor base de licitação de 188,4 milhões de euros. Da última vez que tentou sem êxito alienar os terrenos da antiga Feira Popular, em 2015, estipulou um valor base de 135,7 milhões de euros.

Notícia sobre:

Lisboa: mais de 200 cidadãos pedem interrupção da requalificação de Entrecampos

Mais de 200 cidadãos assinaram uma petição que pede a interrupção do projeto que a Câmara Municipal de Lisboa (CML) apelidou de Operação Integrada de Entrecampos, argumentando que não existe uma “proposta concreta”. 

Notícia sobre: