Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Redução de benefícios fiscais custa quase cinco milhões a portugueses

Autor: Redação

A redução dos benefícios fiscais, de isenções e de deduções custaram 4,82 mil milhões de euros aos bolsos dos portugueses entre 2011 e 2014. Ou seja, a despesa fiscal caiu 35% desde o pedido de resgate português.

Segundo o Diário Económico, IVA e IRS concentram o maior esforço do corte que soma 3.053 milhões de euros. Em 2014, a redução dos benefícios será de 640 milhões, sendo que quase três quartos virão do IRC.