Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Vagas de greves arranca amanhã com CTT

Autor: Redação

Os próximos quinze dias vão ser difíceis para os utilizadores de transportes públicos. Praticamente todas as empresas do setor têm greves agendadas contra as medidas do Governo. A Metro de Lisboa começa dia 31 com uma greve de 24h, a Refer para a 6 de novembro e a CP e STCP têm o seu protesto marcado para o dia seguinte. Já as ligações fluviais no Tejo vão ser afetadas entre 3 e 9 de novembro, com greves parciais. 

Os protestos contra as medidas do governo arrancam, porém, amanhã com a paralisação de 24h dos CTT. No setor dos transportes públicos, apenas a Metro do Porto não aderiu, como tem sempre acontecido, a esta quinzena de contestação. 

A contestação também vai abranger a função pública, que tem uma greve geral agendada para 8 de novembro em protesto contra as medidas do OE para 2014.