Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

entrega de casas aos bancos diminuiu 72%

no primeiro trimestre de 2013 foram entregues 639 casas em dação em pagamento aos bancos
Autor: Redação

o número de casas entregues aos bancos diminuiu 72,6% no primeiro trimestre de 2013, face ao mesmo período de 2012, informou hoje a apemip – associação dos profissionais e empresas de mediação imobiliária de portugal. no total, foram entregues, neste período, 639 imóveis em dação em pagamento às entidades bancárias

em comunicado, luís lima, presidente da apemip, afirma que esta quebra se justifica “pela mudança de actuação da banca junto das famílias” que passou a ter “mais sensibilidade a tratar este assunto, apostando na renegociação dos créditos como primeira opção”

luis lima alerta, porém, para o facto de se ter verificado uma tendência inversa no que respeita às dações feitas por promotores imobiliários, que viram os números subir. “as dificuldades que os promotores imobiliários atravessam neste momento são públicas. há cada vez mais promotores a entregar casas aos bancos, e a fecharem de seguida, por não conseguirem sobreviver”, afirmou

segundo a apemip, as áreas metropolitanas de lisboa e porto concentraram 31% dos imóveis entregues em dação em pagamento neste primeiro trimestre, mas é nos municípios de montijo, fafe, vila real, vouzela e portel, que se verifica o maior aumento das dações, representando mais de metade da totalidade dos imóveis entregues em dação. em termos homólogos no montijo o aumento de dações é de 18%, em fafe de 300%, em vouzela de 267% e em portel de 1700%

a área metropolitana do porto representou 15% das dações em pagamento registadas no trimestre, sendo que a de lisboa registou cerca de 15,5%. constata-se, à semelhança de análises anteriores, a descentralização deste fenómeno para fora dos grandes centros urbanos, o que faz depreender, face ao elevado número de casas, que esta entrega é feita por promotores e não por particulares, explica a apemip

Artigo visto em
(idealista news)