Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arrendar casas a estudantes e turistas? A SmartRental quer crescer em Portugal

Empresa espanhola investiu num alojamento para arrendar a turistas no Porto.

Investir em alojamento turístico em Portugal
Foto de RODNAE Productions no Pexels
Autor: Redação

A espanhola SmartRental quer reforçar a sua aposta em coliving, apartamentos turísticos e para estudantes em Portugal e Espanha, tendo em vista a sua expansão internacional. E para isso terá 100 milhões de euros disponíveis para investir nos próximos cinco ou seis anos. Em território nacional, a empresa espanhola já investiu num alojamento turístico no Porto.

Neste investimento, a ideia passará por comprar imóveis para depois reabilitar segundo os padrões da empresa. E o objetivo é só um: aumentar em 33% a sua atual oferta de 3.000 quartos em apartamentos para arrendar quer a turistas quer a pessoas que procuram médias ou longas estadias, escreve a imprensa espanhola.

Para apoiar este investimento, a SmartRental já angariou 25 milhões de euros junto dos seus sócios e outros investidores. E prevê fechar um investimento de 50 milhões de euros num prazo máximo de dois anos. Além disso, está previsto ainda um novo aumento de capital, a médio e longo prazo, de mais 50 milhões. Isto, até atingir o valor final de 100 milhões de euros, segundo disse o CEO da empresa, Fernando Rodríguez, na passada segunda-feira, dia 18 de outubro de 2021, numa conferência de imprensa em Espanha.

“Esta operação é, sem dúvida, a mais importante da nossa história e um passo em frente para mostrar ao setor que temos tudo muito claro, que queremos ser uma referência, que precisamos crescer para ser melhores e que as necessidades dos nossos clientes devem ser satisfeitas de tal forma que as suas estadias se tornam numa verdadeira experiência”, referiu ainda Fernando Rodríguez, CEO da SmartRental.

Espanhola investe em alojamento turístico em Portugal
Foto de Buro Millennial no Pexels

Portfólio de alojamento diversificado - e não só

Hoje, a empresa explora dez edifícios de apartamentos turísticos, através das marcas Smartrental e Smartrental Collection, que se localizam em diferentes cidades espanholas como Madrid, Las Palmas de Gran Canaria, e no Porto, em Portugal. Mas não ficamos por aqui, já que no segmento coliving – gerida pela marca Live it - possui ainda quatro edifícios que somam 222 unidades em Barcelona e Madrid. O segmento de estudantes da Smart Living gere um total de 750 apartamentos que se distribuem por Madrid, Barcelona e Valencia.

Além destes alojamentos, a SmartRental tem também espaços de coworking – com a marca Smartup, com cerca de 300 metros quadrados destinados a 50 postos de trabalho, e ainda um hostel em Madrid com capacidade para 306 pessoas, o SmartHub Lavapies.

A empresa espanhola que nasceu em 2011 espera ultrapassar em 2022 o volume de negócios registado antes da pandemia da Covid-19, que se fixou nos 16,5 milhões de euros, sendo que o EBITDA situou-se nos dois milhões.

Smartrental investe em alojamento turístico em Portugal
Foto de RODNAE Productions no Pexels