Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Avaliação de imóveis

Últimas notícias sobre "Avaliação de imóveis" publicadas em idealista.pt/news

Preços das casas disparam 7,6% e fazem-se 15,8% mais negócios

Depois de um longo período de queda nos preços, há três anos que as casas em Portugal estão a valorizar e registaram agora a maior subida de sempre. Em termos médios, as habitações ficaram 7,6% mais caras no terceiro trimestre deste ano, face a igual período em 2015, segundo o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Notícia sobre:

Casas em Portugal valem cada vez mais para a banca: avaliação supera máximos de há quatro anos

Há três meses consecutivos que a banca está a dar mais valor aos imóveis em Portugal. A avaliação bancária média chegou aos 1.065 euros por metro quadrado (m2), com um aumento de 5 euros em junho face a maio, atingindo assim o valor mais elevado desde dezembro de 2011, de acordo com os mais recentes dados do INE. Os apartamentos continuam a ser o tipo de imóveis que mais se valoriza.

Notícia sobre:

Penhoras: Finanças avaliam 9 mil imóveis para saber se são casas de famílias

As Finanças têm em curso um processo de avaliação de 9 mil imóveis de particulares que tenham sido penhorados por dívidas fiscais. O objetivo é aferir se em causa estão casas de famílias, para saber quais poderá vender, na sequência da alteração à lei que entrou em vigor a 24 de maio.

Notícia sobre:

IMI: Finanças já atualizaram mapa de coeficientes e assim poderás saber se vais pagar mais ou menos imposto

O tão esperado mapa de coeficientes de localização dos imóveis foi atualizado no final da semana passada e já pode ser consultado no Portal das Finanças. Se és proprietário, deverias fazê-lo porque estes coeficientes determinam o valor a pagar de IMI e, no âmbito da revisão que foi realizada no ano passado pelo Governo, o teu poderá ter mudado e tu não sabes. O Fisco não tem a obrigação de te avisar sobre eventuais alterações que vão fazer com que pagues mais ou menos imposto.

Notícia sobre:

Valor patrimonial tributário dos prédios subiu 34% após reavaliação de imóveis

Cinco anos depois, e com uma reavaliação geral pelo meio, o preço dos prédios para efeitos de IMI aumentou 34%. Portugal tem agora um parque imobiliário urbano que é avaliado pelo Fisco em 519,6 mil milhões de euros, quase três vezes o valor da riqueza gerada anualmente no país. Em média, o valor base de cada imóvel subiu para 64.000 euros, o que teve reflexo na receita dos municípios, que disparou.

Notícia sobre:

Avaliação bancária: valor dos imóveis volta a subir em Portugal

O valor médio da avaliação bancária, utilizado pelas instituições financeiras na concessão de crédito à habitação aumentou em outubro, pelo segundo mês consecutivo, tendo atingido os 1.041 euros por metro quadrado (mais dois euros do que em setembro).

Notícia sobre:

IMI: proprietários têm de pedir atualização da idade dos imóveis até dezembro para imposto baixar

O prazo para pedir a atualização da idade dos prédios e do valor de construção, que pode baixar o IMI a pagar em 2016, termina no final de dezembro, sendo que quem se atrasar a fazê-lo só sentirá os efeitos em 2017.

Notícia sobre:

Avaliações de casas com novas regras a partir da próxima semana: multas de até 300 mil euros

É a partir do próximo dia 13 de novembro que entra em vigor o novo regime que vai regular a atividade dos peritos avaliadores de imóveis que prestam serviço a entidades do sistema financeiro português. Atenção porque as regras são mais apertadas e quem não cumprir arrisca-se a pagar coimas de até 300 mil euros.

Notícia sobre:

Avaliadores imobiliários vão ter regras mais apertadas e ser sujeitos a multas a partir de novembro

Os peritos de avaliação de imóveis que prestam serviço a entidades do sistema financeiro português vão ter, a partir de 13 de novembro, que respeitar um conjunto de novas regras mais exigentes. Uma das novidades é que só poderão exercer a atividade de avaliadores imobiliários quem estiver registado na CMVM. E quem não cumprir as novas regras poderá ser sujeito a coimas de até 300 mil euros.

Notícia sobre:
Gtres

IMI: aumentos podem chegar aos 500%

Notícia sobre: