Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Centro comercial

Últimas notícias sobre "Centro comercial" publicadas em idealista.pt/news

Magnata africano quer comprar Dolce Vita Ovar por 7,8 milhões - centro comercial está falido

O falido Dolce Vita Ovar, inaugurado em 2007, despertou as atenções da White Sand Capital, ligada ao grupo do bilionário Nathan Kirsh. A sociedade quer pagar menos meio milhão pelo centro comercial, que está à venda por 8,3 milhões.

Notícia sobre:

Grupo Auchan (dono do Jumbo) compra três centros comerciais em Portugal

O ano ainda agora começou, mas o investimento em centros comerciais já está a dar que falar. A Axa comprou o Dolce Vita Tejo e agora o dono do Jumbo, o grupo Auchan, anunciou a compra de três dos quatro centros comerciais que o fundo norte-americano Blackstone tinha colocado à venda. São eles o Sintra Retail Park, o Forum Sintra e o Forum Montijo.

Notícia sobre:

Évora Shopping recomeçou a ser construído este mês para voltar a abrir em 2017

O Évora Shopping, um centro comercial inacabado na periferia da cidade, recomeçou a ser construído este mês, devendo ficar concluído em 2017. Em causa está um investimento global de 35 milhões de euros. “O centro comercial reiniciou a construção e estende-se por um edifício com 20.000 m2 de área de construção, dos quais 16.400 m2 são área bruta locável, distribuídos por dois pisos”, revelou o grupo DST, responsável pelas obras.

Notícia sobre:

Falência da Chamartin leva Picoas Plaza a ser colocado no mercado com preço de saldos

Continuam a chegar ao mercado os ativos imobiliários da falida Chamartin. Depois dos centros comerciais Dolce Vita está agora à venda o Picoas Plaza em Lisboa, por oito milhões de euros, e que tem um valor contabilístico superior a 12 milhões de euros.

Notícia sobre:

Renovação do centro comercial Vasco da Gama custa oito milhões

A Sonae Sierra vai investir oito milhões de euros na renovação do centro comercial Vasco da Gama, em Lisboa, com o objetivo de “elevar a qualidade da experiência de visita ao centro comercial e acrescentar valor” às ofertas comerciais.

Notícia sobre:

Freeport Alcochete vendido a britânicos

O “outlet” Freeport de Alcochete foi vendido no final do ano passado à VIA Outlets, detida pelo grupo britânico de imobiliário Hammerson. A operação, que foi fechada no segundo semestre em total secretismo, envolve além do “outlet” português mais dois ativos que eram detidos até então pelo grupo norte-americano Carlyle: um cento comercial na Suécia e outro na República Checa.

Notícia sobre:

"Mercado dos ativos imobiliários recuperou mais depressa do que a venda dos lojistas", diz CEO da Sonae Sierra

O presidente executivo da Sonae Sierra, grupo internacional especialista em centros comerciais, confirma que "o imobiliário de retalho foi afetado pela crise", sendo que o mercado dos ativos está a recuperar mais depressa do que o das vendas dos lojistas.

Notícia sobre:

Viver num centro comercial: o primeiro "mall" dos EUA evita a demolição reinventando-se com "mini-lofts"

Em 2010, o centro comercial "Arcade Providence" de Rhode Island entrou no mais alto da lista dos 10 edifícios históricos dos EUA em perigo de extinção. Foi o primeiro centro comercial fechado no país e estava a ponto de ser demolido depois de quase 200 anos aberto de forma contínua. Hoje, só quatro anos depois, mais de 4.000 pessoas lutam por viver num dos edifícios mais emblemáticos da costa este norte-americana.
Notícia sobre:

Construção: luz verde para o Centro Comercial Jumbo de Sintra

O projeto de construção do novo Centro Comercial Jumbo de Sintra, junto ao nó de Mem Martins do IC19, obteve decisão de conformidade ambiental “condicionada” da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) de Lisboa e Vale do Tejo. Em causa está um projeto com uma área bruta de construção de 14.693 metros quadrados (m2) – previsto para um terreno com 84.941 m2 – e localizado em frente ao Lidl e perto do Fórum Sintra e do Retail Park, do lado oposto do IC19.

Notícia sobre:

Um centro comercial abandonado converte-se num aquário urbano secreto cheio de peixes (fotos)

Algo sinistro aconteceu nos grandes centros comerciais abandonados. O último exemplo chega-nos da Tailândia, onde a chuva e o passar do tempo converteu um centro comercial que ardeu em 1999 num improvisado aquário urbano gigantesco, cheio de peixes, num centro de Banguecoque.
Notícia sobre: