Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Troika

Últimas notícias sobre "Troika" publicadas em idealista.pt/news

Governo anuncia reembolso de mais de 3.000 milhões de euros ao FMI

Portugal deverá realizar um novo pagamento antecipado ao Fundo Monetário Internacional (FMI) “muito em breve”. Segundo o ministro das Finanças Mário Centeno, que falava aos jornalistas em Bruxelas, o país deverá reembolsar mais 3.000 milhões de euros do empréstimo. Ou seja, o Governo pagará mais 1.000 milhões de euros que o previsto.

Notícia sobre:

Portugal pagou 1.000 milhões de euros antecipadamente ao FMI

O Estado português pagou esta quarta-feira, antecipadamente, 1.000 milhões de euros do empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI) e reembolsará mais 2.000 milhões até final do ano. "Estão liquidados 66% do empréstimo do FMI, de 26.300 milhões de euros", anunciou, em comunicado, o ministério das Finanças.

Notícia sobre:

IMI dispara em 150% com reavaliação de casas imposta pela troika

O valor das casas em Portugal aumentou 104%, após a reavaliação dos imóveis imposta pela troika durante o programa de assistência financeira ao país. E esta subida do valor patrimonial dos imóveis para quase o dobro fez com que se registasse um aumento de 150% no valor cobrado no Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), revela uma auditoria feita pela Inspeção-Geral de Finanças (IGF).

Notícia sobre:

“Tudo faz prever que Portugal acabará o ano com o maior crescimento do século”

Otimismo é palavra de ordem na economia portuguesa. “Libertámos a economia do espartilho da austeridade”, disse o ministro da Economia numa entrevista ao jornal espanhol El País. Segundo Caldeira Cabral, o PIB cresceu no segundo trimestre 2,9%, a maior subida dos últimos 17 anos, e no semestre cresceu 2,8%. “Tudo faz prever que Portugal acabará o ano com o maior crescimento do século”, referiu.

Notícia sobre:

Obras públicas repontam e chegam a máximos desde a troika em Portugal

O setor das obras públicas voltou a reanimar. Entre janeiro e junho deste ano, foram lançadas empreitadas públicas na ordem dos 1.480 milhões de euros, mais do dobro do valor registado no primeiro semestre de 2016. E desde 2011, ano em que a troika chegou a Portugal para resgatar o país financeiramente, que o Estado não abria tantos concursos como os que foram anunciados nos primeiros seis meses deste ano, aponta um relatório da AICCOPN (Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas).

Notícia sobre:

Portugal já pagou 60% da dívida ao FMI

Portugal já reembolsou ao Fundo Monetário Internacional (FMI) mais de 16.000 milhões de euros do envelope total de 26.000 milhões concedidos no âmbito do resgate financeiro de 2011. A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) pagou mais cerca de 1.750 milhões de euros em julho, o que significa que 60% do empréstimo já está pago.

Notícia sobre:

Emprego criado desde 2013 é mais instável e pior remunerado

Os empregos criados em Portugal desde 2013 são menos estáveis e pior remunerados do que antes da crise económica internacional de 2008. Em causa estão dados que constam num estudo estatístico do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra que foi apresentado esta terça-feira (dia 11).

Notícia sobre: