Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

bancos têm mais de 3,5 mil milhões de euros em casas penhoradas

verificou-se um aumento de 49,7% num ano
Autor: Redação

os portugueses estão a sentir cada vez mais dificuldades para pagar a tempo e horas a prestação da casa, sendo que a solução passa, muitas vezes, por entregar o imóvel ao banco. segundo o jornal de negócios (jdn), os maiores bancos nacionais terminaram 2011 com mais de 3,5 mil milhões de euros em casas provenientes de processos de dação em pagamento, mas também de execuções por incumprimento

de acordo com a publicação, que se apoia nos relatórios publicados pelos bancos, referentes ao último exercício, o valor inscrito na rubrica de “activos não correntes detidos para venda” disparou de 2.355 milhões, em 2010, para 3.524 milhões de euros, no final de 2011. ou seja, houve um aumento de 49,7%, sendo que a tendência foi transversal nos cinco bancos analisados: bcp, bes, bpi, cgd e santander totta

sublinhe-se que, segundo dados da associação dos profissionais e empresas de mediação imobiliária de portugal (apemip), foram entregues aos bancos, no primeiro trimestre do ano, 2.300 imóveis em dação em pagamento, o que dá uma média de 25 casas por dia