Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

lisboa: be defende criação de bolsa municipal de habitação

partido considera que a nova lei das rendas ameaça "40 mil pessoas na cidade de lisboa"
Autor: Redação

o candidato do bloco de esquerda (be) à câmara municipal de lisboa (cml), joão semedo, defendeu a criação de uma bolsa municipal de habitação que funcione como “resposta de emergência” aos inquilinos que sejam despejados. segundo o responsável, “é na área da habitação e do urbanismo que são mais visíveis as insuficiências de seis anos de mandato de antónio costa (ps)”, embora se trata de uma área na qual “a mudança é mais difícil”

de acordo com o público, joão semedo, que participou numa sessão de esclarecimento sobre a nova lei das rendas – entrou em vigor em novembro do ano passado e está a criar muita polémica –, considerou a mesma “injusta e socialmente brutal”, ameaçando “40 mil pessoas na cidade de lisboa”

nesse sentido, o candidato à autarquia frisou que “é preciso apostar na habitação municipal”. “é preciso que a câmara intervenha no mercado para baixar os preços, é preciso mais arrendamento e mais aquisição, mais habitação do que novas habitações. é assim que se pode baixar as rendas e o valor de aquisição das casas para podermos trazer para lisboa o que a cidade perdeu nas últimas décadas, mais 300 mil lisboetas”, salientou