Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Golden Visa: Luz ao fundo do túnel no setor? – resumo 2013

Em causa está a concessão de vistos a estrangeiros que comprem casas de 500 mil euros no País.
Autor: Redação

Muitos investidores estrangeiros estão aproveitar as regalias dadas ao abrigo dos Golden Visa (Vistos Dourados) para apostar no mercado imobiliário nacional. Os potenciais interessados “só têm” de comprar imóveis no país de valor igual ou superior a 500 mil euros: Depois, têm uma série de benefícios, nomeadamente a possibilidade de terem livre acesso no espaço Schengen, que abrange 26 países.

Antes de mais, e para que não te sintas perdido no que diz respeito a este assunto, clica neste link para ficares a saber tudo sobre a concessão de Golden Visas.

No início do ano, soube-se que o Turismo de Portugal (TP), em conjunto com vários parceiros, ia lançar o Programa de Turismo Residencial (PTR), que visa ajudar a transacionar cerca de dez mil imóveis a cidadãos estrangeiros. 

O tempo passou e começou a ouvir-se falar, cada vez mais, do Golden Visa. Em abril, por exemplo, o mercado dava sinais de estar a estabilizar, em parte devido à procura e posterior venda de imoveis de valor igual ou superior a 500 mil euros. Mas foi a partir do verão que o tema ganhou força, até porque começaram a ser conhecidos os primeiros dados/números relacionados com a atribuição do visto. Em julho, já muitos chineses estavam a adquirir habitações de luxo em Portugal. 

Um negócio que não passou despercebido às imobiliárias, que viram nos Golden Visa uma excelente fonte de rendimento, bem com uma forma de escoarem imóveis. E apesar da maioria dos investidores estrangeiros interessados no imobiliário nacional – e consequentemente na possibilidade de terem um Visto Dourado – serem chineses, também há angolanos e brasileiros com interesse em investir em Portugal. 

A importância dada aos Golden Visa, tendo em vista a recuperação e dinamização do setor imobiliário, esteve bem evidente durante o Salão Imobiliário de Portugal (SIL), que se realizou em outubro no Parque das Nações. Na altura, Os Vistos Dourados já tinham gerado 149 milhões de euros, um valor que entretanto subiu com o passar do tempo: primeiro para 184 milhões, depois para 235 milhões e, por fim, as previsões apontavam para receitas de 300 milhões até final do ano.

Foi precisamente durante o SIL que soubemos que só a Remax já tinha atribuído, até outubro, 150 Golden Visa, sendo a Remax Expo uma das agências que melhor agarrou a oportunidade de transacionar imóveis acima de 500 mil euros a estrangeiros.

Em entrevista ao idealista News, João Teodoro Silva, presidente do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (COFECI)-Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) do Brasil, revelou que os brasileiros estão também muito interessados em comprar casas em Portugal. “Os preços do imobiliário estão bastante atrativos”, justificou.

Clica aqui e fica a conhecer 25 casas em Portugal que dão Golden Visa.

Notícias relacionadas

- Um ano de nova lei das rendas - resumo 2013

- Construção: A crise veio para ficar – resumo 2013

- Crédito à habitação: Prestação continua a descer – resumo 2013

- Em nome da reabilitação – resumo 2013

- A polémica do certificado energético – resumo 2013

 

Artigo visto em
idealista news (idealista news)