Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Quartos

Últimas notícias sobre "Quartos" publicadas em idealista.pt/news

As três camas

Ver para crer: esta mãe conseguiu montar um bonito quarto com três camas em poucos m2

Notícia sobre:
Photo by Chewy on Unsplash

Quartos para arrendar em Portugal: oferta sobe 22% com a Covid-19 e triplica no Porto

A oferta de quartos para arrendar em Portugal aumentou à boleia da Covid-19. Segundo dados do idealista, o número de quartos disponíveis para viver em casas partilhadas em novembro é quase 22% superior face ao registado no final do primeiro trimestre do ano, embora a evolução não tenha sido homogénea em todo o território nacional, tal como mostra esta análise. No Porto a oferta triplicou, numa variação de quase 200%, mas se rumarmos ao Alentejo, até Beja, encontramos um cenário bem diferente: nenhum registo de anúncios em novembro.

Notícia sobre:

Viver em quartos partilhados: o que se pode fazer no espaço sem chatear o senhorio

Viver numa casa partilhada evita muitas preocupações e outras despesas que acabam por estar cobertas pelo contrato de arrendamento. Ainda assim, é certo que arrendar um quarto e dividir uma casa é bem diferente do que arrendar um apartamento inteiro. Coloca-se, por exemplo, a questão das alterações. Há mudanças que podem realmente fazer-se, sem entrar em conflito com o proprietário, e outras que devem ser evitadas. Seja qual for o caso, deverás sempre informar o senhorio daquilo que pretendes fazer.

Notícia sobre:

Só há 300 camas para universitários do universo de 2.500 prometidas pelo Governo

O problema da falta de camas para estudantes no ensino superior é uma realidade, e a oferta continua longe de satisfazer as necessidades do país. O Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), anunciado no ano passado pelo Governo, prometia 2.500 camas em residências universitárias para este novo ano letivo, mas feitas as contas, só foram criadas 300.

Notícia sobre:
Exterior da residencia Livensa Living Porto / Temprano

Redução de alunos de Erasmus leva residências a descer preços e a fazer descontos

A pandemia da Covid-19 está a ter um forte impacto no funcionamento das universidades portuguesas, já que a maioria dos alunos de Erasmus decidiu cancelar ou adiar as suas experiências internacionais de ensino. Uma situação que tem consequências também na ocupação das milhares de camas disponíveis nas residências universitárias privadas, nomeadamente as lançadas nos últimos dois anos em Lisboa e Porto pelos operadores privados internacionais – protagonizaram alguns dos maiores investimentos imobiliários em 2019 – e que são vocacionadas sobretudo para responder a este tipo procura.

Notícia sobre: