Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

mais de 20 mil empresas apanhadas pelo fisco

Autor: Redação

o fisco detectou 23 mil empresas que não entregaram as retenções na fonte do irs dos trabalhadores ou que aplicaram mal as tabelas, tendo retido menos imposto do que o devido. ao todo, a autoridade tributária controlou as declarações que mensalmente recebe de 400 mil empresas. os “erros” detectados tiiraram dos cofres do fisco várias dezenas de milhões de euros

de acordo com o site económico dinheiro vivo, a não entrega das retenções na fonte do irs inclui-se nas tipologias de fraude mais agressivas identificadas pela administração fiscal, mas só este ano o fisco passou a ter meios para controlar todos os meses eventuais desvios ou erros

desde o início de 2013, as empresas passaram a estar obrigadas a enviar até ao dia 10 do mês seguinte uma declaração onde têm de identificar todos os rendimentos pagos a cada trabalhador (incluindo os isentos ou não sujeitos a imposto), bem como o valor da retenção na fonte

dados facultados ao dinheiro vivo pela autoridade tributária e aduaneira mostram que o controlo realizado no período de janeiro a março permitiu identificar mais de 23 mil empresas em situações de incumprimento. as empresas em causa foram entretanto alertadas para estas irregularidades e um terço já procedeu à sua regularização, repondo as quantias retidas e não entregues ou corrigindo a aplicação deficiente das tabelas de retenção e da sobretaxa extraordinária de 3,5%