Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Agência chinesa antecipa “fim da crise económica” em Portugal

A agência Xinhua considera que a economia nacional dá "sinais de esperança" para 2014.
Autor: Redação

A Xinhua, agência noticiosa oficial chinesa, considera que as economias de Portugal e Espanha estão a recuperar da crise económica, dando “sinais de esperança” para 2014. “Após dois anos de profundas reformas e restruturação, as economias de Espanha e Portugal acabam 2013 numa situação que alguns consideram como o fim da crise económica”, refere a Xinhua, salientando que, no caso de Portugal, o facto de o PIB ter crescido 0,2% no terceiro trimestre evidencia “um contínuo crescimento depois de o país ter saído da recessão no segundo trimestre”.

“[Portugall] poderá também estar a aproximar-se do fim do seu resgate, que deverá ocorrer em abril do próximo ano”, refere a Xinhua, alertando, no entanto, que “a maioria dos analistas económicos permanece prudente acerca da consolidação e recuperação da economia portuguesa”. “O país tem ainda problemas significativos para encontrar financiamento externo enquanto a contínua aplicação de uma intensa política fiscal focada no corte da despesa pública debilita a procura interna”, acrescenta a agência noticiosa chinesa.