Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Empréstimo bancário

Últimas notícias sobre "Empréstimo bancário" publicadas em idealista.pt/news

Crédito para a compra de casa volta a acelerar

A concessão de crédito à habitação continua a acelerar. Em novembro do ano passado os bancos concederam 822 milhões de euros em empréstimos para a compra de casa, segundo os dados mais recentes do Banco de Portugal. Trata-se de uma subida de cinco milhões face a outubro e de mais de 30 milhões em relação a setembro.

Notícia sobre:

Crédito ao consumo perto de máximos históricos: portugueses pedem sobretudo empréstimos pessoais

Os portugueses, além de terem voltado em força a pedir empréstimos para a compra de casa, estão a contrair cada vez mais créditos ao consumo. Em março - com a ajuda da Páscoa - estes financiamentos chegaram ao segundo valor mensal mais elevado de sempre. A manter-se o ritmo do primeiro trimestre, 2018 perspetiva-se como o ano recorde na concessão de crédito ao consumo, apesar dos alertas das autoridades para os riscos que tal fenómeno pode ter para os bancos e para as famílias. 

Notícia sobre:

Soluções rápidas para crédito à habitação? A Caixa Geral de Depósitos tem...

Os bancos dizem que não abriram a torneira do crédito à habitação... mas a realidade diz o contrário. As campanhas agressivas para vender crédito estão na rua, e até a CGD entrou na maratona do crédito fácil. Nos primeiros 11 meses de 2017, os bancos disponibilizaram 7.441 milhões de euros em empréstimos para a compra de casa, um aumento de 44% em termos homólogos.

Notícia sobre:

... E Bankinter já tem o spread mais baixo do mercado

O banco espanhol Bankinter voltou a “atacar” os spreads da casa. Está a oferecer um spread mínimo de 1,15% a quem contratar um empréstimo para a compra de casa de taxa variável. Com esta mudança, o Bankinter fica abaixo do BCP, do Santander Totta e do Popular, cujo spread é de 1,25%.

Notícia sobre:

Crédito à habitação: 2016 com Euribor em baixo e empréstimos em alta

Os portugueses parecem ter cravado no ADN a vontade de serem proprietários da casa onde vivem e, em 2016, a banca voltou a facilitar-lhes a vida, estando mais disponível para dar mais crédito à habitação e em condições favoráveis. Mas o cenário de Euribor negativas - favorável para as famílias com empréstimo, mas desvantajoso para o setor financeiro - veio mudar o negócio das hipotecas. Em vez das tradicionais taxas variáveis, os bancos agora querem fazer contratos com taxas fixas.

Notícia sobre:

Crédito aos consumidores com novas taxas máximas em 2017

Estás a pensar em pedir um novo crédito pessoal no próximo ano? Fica então a saber que o Banco de Portugal acaba de fixar novas taxas máximas aplicáveis aos contratos de crédito aos consumidores, que serão aplicadas no primeiro trimestre de 2017 e diferem das que agora estão a ser utilizadas. Desde o final de 2010 que o supervisor determina as taxas de juro máximas neste tipo de crédito para combater práticas de usura.

Notícia sobre:

Crédito à habitação: regime extraordinário acabou, mas banca continua a negociar com famílias em dificuldades

Quase um ano depois de ter acabado o regime extraordinário do crédito à habitação, há ainda cerca de duas dezenas de processos de famílias em situação económica muito difícil a serem negociados, segundo o Banco de Portugal. Atualmente, o Governo está a estudar uma nova proteção a este tipo de agregados familiares.

Notícia sobre:

Empréstimos da banca às famílias para habitação voltam a cair 2,7% em agosto

Os empréstimos concedidos pelos bancos a particulares com o destino habitação caíram 2,7% em agosto em termos homólogos, assim como os concedidos a sociedades não financeiras (-2,5%). Em julho, as taxas de variação anual (tva) destes empréstimos já tinham sido negativas 2,7% e 2,2%, respetivamente.

Notícia sobre:

Bancos travam juros negativos nos empréstimos da casa

Alguns dos maiores bancos portugueses preparam-se para introduzir um limite de zero nas taxas de juro do crédito à habitação para os contratos em curso. Com a média mensal da taxa Euribor a três meses a chegar aos -0,3%, há spreads no mercado que já estarão a ser totalmente absorvidos pelo indexante negativo.

Notícia sobre:

Bancos emprestam mais de cinco milhões de euros por dia para a compra de carro

A compra de carro continua a ser um dos principais destinos do crédito ao consumo. Dos 2,3 mil milhões de euros emprestados desde o início do ano pelos bancos e financeiras, mais de 36% teve como destino o financiamento automóvel. Entre janeiro e maio foram emprestados mais de 860 milhões de euros, o que representa uma média de mais de cinco milhões de euros por dia.

Notícia sobre: