Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Rumores

Autor: Redação

Portugal é o terceiro país europeu onde se vai gastar menos no Natal: A consultora Deloitte elabora anualmente um estudo sobre as intenções de gastos no Natal e, desde 2009, o montante global que os portugueses preveem despender não para de cair. Este ano, Portugal está mesmo entre as três economias da Europa Ocidental com menos dinheiro para gastar, revela o Xmas Survey, que adianta que entre todos os países da Europa Ocidental, a perspetiva de gastos médios é de 450 euros, 36% dos quais destinados a comida e bebidas. A maior fatia, 38%, é gasta com presentes. Em Portugal, a média de gastos com a época será de 393 euros. Já na Polónia os festejos natalícios têm destinados 268 euros e na Holanda 286 euros. (Público)

Banco Central Europeu deverá manter taxas de juro: O Banco Central Europeu (BCE) decide esta quinta-feira se altera as taxas de juro diretoras e, apesar da expectativa crescente de poder haver um corte, a maioria dos economistas aposta na manutenção das taxas no seu mínimo histórico (0,5%). Um inquérito a 70 economistas organizado pela agência Bloomberg revela um consenso em torno da manutenção da taxa, em linha com as afirmações passadas de responsáveis do BCE sobre o impacto de novos cortes nas taxas de juro. (Notícias ao Minuto)

Madeira demora quase quatro anos a pagar dívidas: O Governo regional da Madeira demora quase quatro anos a pagar aos fornecedores. Os dados foram publicados esta quarta-feira pela Direção-Geral do Orçamento e referem-se ao terceiro trimestre deste ano. Entre julho e setembro, o prazo médio de pagamento na Madeira rondava os 1.400 dias, ou seja, os fornecedores estão há três anos e oito meses à espera que o Governo regional pague o que deve. E já foi pior: no início do ano os atrasos chegaram a ultrapassar os cinco anos. (Renascença)

 

Artigo visto em
(idealista news)