Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

APEMIP

A Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP) é uma entidade sem fins lucrativos constituída em 2004 que defende e representa os interesses das empresas associadas.

“Não há crédito à habitação a mais, há casas a menos”

A torneira do crédito à habitação voltou a estar aberta, com os bancos a emprestarem 956 milhões de euros para a compra de casa em novembro de 2019, mais 35 milhões que no mês anterior. Para Luís Lima, presidente da APEMIP, “não há crédito à habitação a mais”. Há, sim, “casas a menos”. “E as poucas que há não podem ficar completamente inacessíveis a quem delas precisa”. 

Notícia sobre:

Mudanças nos vistos gold e regime dos Residentes Não Habituais fazem soar alarmes no setor

O PS apresentou duas propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) que podem ter impacto no setor imobiliário: a eliminação do regime dos vistos gold em áreas urbanas de Lisboa e Porto e a introdução de uma taxa de tributação dos Residentes Não Habituais (RNH). Mudanças que não são bem vistas por mediadores e promotores imobiliários e pelo setor da construção. 

Notícia sobre:

Antigo líder da mediação imobiliária morre aos 69 anos

José Eduardo Macedo entrou para a mediação imobiliária nos anos 80. Fundou e geriu a Chave D’Ouro, que chegou a ser uma das maiores mediadoras do país, antes de falir em 2016. Foi um dos responsáveis da criação da APEMIP e participou ativamente na legislação de 2004, com o acordo coletivo de trabalho, ainda hoje em vigor para a mediação imobiliária.

Notícia sobre:

Mexidas nos vistos gold e no regime de residentes não habituais afastam investidores, diz APEMIP

Um dos temas que está a marcar a atualidade do setor imobiliário é a possibilidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) contemplar alterações no programa de concessão de vistos gold e no Regime Fiscal para Residentes Não Habituais (RNH). Em “cima da mesa” está a hipótese do Governo exigir 10% de IRS aos reformados estrangeiros que pretendam aderir ao RNH, com um mínimo de imposto de 7.500 euros por ano. Trata-se de uma “má notícia para o setor imobiliário”, dizem os mediadores imobiliários.

Notícia sobre:

Alterações aos vistos gold devem ser olhadas com ponderação, alerta Executivo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, confirmou esta quarta-feira (15 de janeiro de 2020) que o Governo pretende fazer alterações ao Programa de Autorização de Residências para Atividades de Investimento (ARI), conhecido por vistos gold. Mas é preciso olhar para o assunto com ponderação, revelou o governante. Os mediadores pedem cautela na introdução de mudanças.

Notícia sobre:

Mediadores imobiliários apontam para estabilização do mercado em 2020

No terceiro trimestre do ano venderam-se 45.830 casas – mais que nos dois trimestres anteriores, mas menos 0,2% que no período homólogo (45.935 transações). Os números, diz o presidente da APEMIP, Luís Lima, vão ao encontro dos sinais que o mercado tem dado aos agentes do setor, e apontam para uma estabilização em 2020.

Notícia sobre:

Mediadores contra englobamento obrigatório dos rendimentos prediais no IRS dos senhorios

A possibilidade de englobar os rendimentos prediais para efeitos de IRS, algo que atualmente é facultativo, deverá passar a ser obrigatório. O que significa um agravamento da fatura fiscal dos proprietários, avisa o presidente da APEMIP, Luís Lima.

Notícia sobre:

Luís Lima reeleito presidente da APEMIP: “É hora da mediação imobiliária ser autorregulada”

O presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), Luís Lima, foi reeleito para um novo mandato com 98% dos votos. O representante dos mediadores diz que é chegada a “hora da mediação imobiliária ser autorregulada”.

Notícia sobre:

Quem são e quanto gastam em imóveis os não residentes que andam às compras em Portugal?

Venderam-se 19.912 imóveis a não residentes em Portugal em 2018, mais 14,5% que no ano anterior. Em termos globais, as vendas a estrangeiros representam 8,2% do total de aquisições efetuadas no ano passado (242.091 imóves). Em causa estão dados da APEMIP.

Notícia sobre:

A solução para o “problema habitacional” do país? Ajustar os preços das casas e apostar na obra nova

Os anos passaram e comprar casa em Portugal ficou cada vez mais caro. E agora, o que tem de ser feito para aumentar a oferta a preços que a classe média possa pagar? Ajustar os valores praticados e apostar na obra nova, diz Luís Lima, presidente da APEMIP.

Notícia sobre: