Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Banif

Últimas notícias sobre "Banif" publicadas em idealista.pt/news

Altamira instala-se no Porto, no edifício Scala

A Altamira Asset Management, empresa que presta serviços de gestão de ativos imobiliários e de créditos, sendo considerado a maior servicer ibérico, vai instalar-se no Porto, no Edifício Scala, num escritório com 400 metros quadrados (m2).

Notícia sobre:

Banif perde licença do BCE e entra em processo de liquidação

O grupo Banif, que foi alvo de uma resolução há cerca de dois anos e meio, tendo sido divido por três entidades – Santander Totta, Oitante e Banif –, perdeu a autorização para o exercício da atividade bancária, depois da sua licença de operação ter sido revogada pelo Banco Central Europeu (BCE). Segue-se o processo de liquidação. 

Notícia sobre:

Altamira pede luz ver à AdC para comprar negócio imobiliário do ex-Banif

É o passo final que falta dar para que se concretize a compra do negócio imobiliário do antigo Banif em Portugal pela Altamira: luz verde da operação pelos reguladores. E a Autoridade da Concorrência acaba de ser notificada pela Proteus - sociedade dependente do banco Santander e do fundo Apollo - da sua intenção em ficar com a Gestão de Créditos e Ativos Imobiliários da Oitante. Depois disso, falta o "sim" da CMVM e do Banco de Portugal.

Notícia sobre:

Banif Imobiliária reduz capital de 100 milhões para 50.000 euros

A empresa da área imobiliária do Banif, que está no veículo Oitante, realizou uma redução da quase totalidade do seu capital, de forma a cobrir prejuízos. A redução de capital da Banif Imobiliária foi de 99,95 milhões de euros, segundo foi deliberado a 27 de outubro, de acordo com uma publicação no portal da Justiça. Depois desta redução, o capital da empresa fixou-se em 50.000 euros.

Notícia sobre:

Fundo de investimento imobiliário do Banif Gestão de Ativos vende edifício Rock One

Um fundo de investimento imobiliário gerido pelo Banif Gestão de Ativos vendeu o edifício Rock One, no Parque das Nações (Lisboa), a um Investidor do Médio Oriente. O negócio foi concluído no final do ano passado.

Notícia sobre:

Montepio exige 20 milhões de euros do fundo de investimento imobiliário Lusíadas

Três dias antes do anúncio da resolução do Banif, com a venda ao Santander Totta, a Caixa Económica Montepio Geral avançou com um processo judicial contra o banco, no âmbito do qual reclama o reembolso de 20,3 milhões de euros, relacionados com um fundo de investimento imobiliário.

Notícia sobre:

Banif na mira do Ministério Público

O Ministério Público está a analisar "os elementos que têm vindo a público relacionados com a situação do Banif". O Governo e o Banco de Portugal optaram no domingo por vender o Banif ao Santander Totta, no âmbito da medida de resolução aplicada ao banco, cuja maioria do capital pertencia ao Estado português, de forma a impedir a sua liquidação.

Notícia sobre:

Santander Totta é o novo dono do Banif: que ganham e perdem clientes e contribuintes?

O Santander Totta é a partir de hoje o novo dono do Banif, tornando-se no segundo maior banco privado a operar em Portugal. A entidade pagou 150 milhões de euros pelos balcões do Banif e outros negócios bons, que o Estado português estava a tentar vender. A fatura da intervenção pública no banco totaliza, para já, 2.930 milhões para os contribuintes e o primeiro-ministro garante que não irá superar este valor.

Notícia sobre:

Banif: guia para entenderes o que está em causa

O Governo e a administração do Banif estão a dar o tudo por tudo para conseguir, à pressa, uma solução que viabilize a instituição financeira. O objetivo é conseguir proteger os interesses dos depositantes e dos contribuintes ao mesmo tempo.

Notícia sobre:

Banif negoceia venda de crédito imobiliário para pagar dívida de 125 milhões de euros ao Estado

O Banif está a tentar vender carteiras de crédito imobiliário e outros ativos para conseguir liquidar os 125 milhões de euros da última tranche dos 'CoCos', que já devia ter sido paga ao Estado no ano passado. Além disso, o Estado tem outros 700 milhões para recuperar no Banif, relativos às ações especiais detidas pelo Tesouro.

Notícia sobre: