Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Escritório de empresas

Últimas notícias sobre "Escritório de empresas" publicadas em idealista.pt/news

Porto: Boavista e Baixa são as zonas onde é mais caro arrendar escritórios e armazéns

A Boavista e a Baixa são as localizações do Porto com as rendas médias de oferta mais elevadas para espaços empresariais. Em março, arrendar um escritório nestas duas zonas custou em média 12,3 euros por m2 por mês e 11 euros por m2 por mês, respetivamente. Já arrendar um armazém na Baixa custou em média 6,4 euros por m2 por mês – não foi possível identificar o stock de armazéns disponíveis na zona da Boavista.

Notícia sobre:
Jornal de Negócios

Google já tem “luz verde” para a nova sede

A Google já recebeu “luz verde” do município de Mountain View, na Califórnia (EUA), para construir a sua nova sede. A “Google Charleston East” demorou quase dois anos a sair do papel, já que a gigante tecnológica deu entrada com a documentação necessária para a construção do espaço em maio de 2015. Será um espaço futurista com dois andares e muitos espaços verdes.
Notícia sobre:
Público

Sim, trabalhar nestes 10 escritórios deve ser muito divertido

Sair de casa para ir trabalhar pode ser muito, muito divertido. E há empresas que parecem levar à regra esta ideia, já que montam e decoram os seus escritórios de forma muito peculiar. Estes são 10 dos escritórios mais espetaculares do mundo. Como podes ver nas fotos, criatividade é palavra de ordem...
Notícia sobre:

Nova sede do Santander Totta inaugurada após investimento de 28,5 milhões

Com a assinatura do arquiteto Frederico Valsassina, o novo edifício sede do Santander Totta foi inaugurado esta terça-feira, após um investimento de 28,5 milhões de euros. A cerimónia contou, nomeadamente, com a participação do primeiro-ministro António Costa e da presidente do banco espanhol, Ana Botín, a par do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

Notícia sobre:

Investimento em escritórios bate todos os recordes

O segmento de escritórios animou o ano passado, já que em Portugal nunca se investiu tanto nesta área de mercado como em 2016: mais de 600 milhões de euros. E 2017 tem tudo para ser um ano também positivo, já que há projetos (em todos os segmentos) que não se concretizaram no ano passado e derraparam para este ano, segundo Eric van Leuven, diretor-geral Cushman & Wakefield.

Notícia sobre:

Procura de escritórios em Lisboa seguirá em alta em 2017. Mas há falta de oferta...

Continua a haver uma grande procura por escritórios em Lisboa. Uma tendência que também se começa a verificar no Porto. O problema é a escassez de oferta, sobretudo de espaços com grandes áreas, aponta André Almada, responsável da consultora imobiliária CBRE pela área de escritórios.

Notícia sobre:

Facebook resiste ao Brexit e abre nova sede em Londres

Muitas multinacionais e bancos têm vindo a dar a conhecer a intenção de abandonar o Reino Unido, e sobretudo Londres, depois do Brexit. Mas o Facebook (a par da Google, por exemplo) não faz parte da lista dos "incomodados" com a decisão dos britânicos abandonarem a Comunidade Europeia (CE) e decidiu, inclusivamente, abrir uma nova sede na capital inglesa no próximo ano.

Notícia sobre:

Queres trabalhar num dos escritórios mais “cool” do mundo? A Uniplaces está a contratar...

Assim que se começa a subir a escadaria que conduz ao escritório da Uniplaces em Lisboa, em plena Estação do Rossio, fica-se com a ideia de que o que vai acontecer a seguir é uma experiência única. Nem mais. O ambiente jovem e descontraído, a par da decoração mostram, desde logo, que o espaço promete. Não é de estranhar, por isso, que a startup portuguesa tenha um dos escritórios mais “cool” do mundo, segundo o ranking da edição de 2016 dos World’s Coolest Offices, da revista nova-iorquina Inc. E a empresa dedicada ao alojamento de estudantes está a contratar, havendo mais de 40 posições abertas até final do ano.

Notícia sobre:

RTP quer encaixar 1,8 milhões com venda de imóveis

A RTP tem em curso um plano de venda de imóveis com o qual pretende encaixar 1,8 milhões de euros. O objetivo da estação pública de rádio e televisão é alienar os espaços de que é proprietária, mas que não utiliza. As instalações em Pegões, no Montijo, e em Ponta Delgada, e o edifício do antigo cinema do Lumiar, em Lisboa, são os imóveis que estão atualmente à venda.

Notícia sobre:

Veigas Imobiliária alarga rede para 55 agências até final do ano

A Veigas Imobiliária (VI), uma mediadora 100% portuguesa com sede no Forte da Casa, nos arredores de Lisboa, celebra 20 anos em 2017. Em 2004, com 14 agências, transformou-se numa rede de franchising de sucesso e, desde então, não tem parado de crescer. Atualmente com 45 agências, o plano de expansão passa agora por abrir mais dez até final do ano, nos distritos de Lisboa, Setúbal e Faro, revela em entrevista ao idealista/news Paulo Veigas, administrador da empresa.

Notícia sobre: