Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investimento em construção

Últimas notícias sobre "Investimento em construção" publicadas em idealista.pt/news

Construtora MSF vive pesadelo no Qatar mas rejeita sair do mercado

No início de 2012, a MSF começou a construir um sonho ao entrar nos mercados do Médio Oriente, com a expansão da atividade para o Qatar. Agora, e quase cinco anos depois a acumular a contratação de novos projetos que somavam milhões, a construtora portuguesa vive ali dias de pesadelo. Enfrentando sérias dificuldades em duas grandes empreitadas, a empresa rejeita, porém, abandonar o país.

Notícia sobre:

O “boom” da reabilitação urbana

Falar de reabilitação urbana tornou-se normal nos últimos anos em Portugal, sobretudo nas grandes cidades, como Lisboa e Porto. Mas em 2016 a moda de reabilitar também foi notícia noutras zonas do país, como por exemplo em Vila Real de Santo António, Sintra, Coimbra e Viseu. Esta tendência, que está a dar uma nova cara às cidades e a animar o setor da construção, veio de facto para ficar, sendo um tema que fez correr muita tinta ao longo do ano passado e promete marcar a agenda no que acaba de arrancar.

Notícia sobre:

Federação da construção lamenta falta de investimento público prevista no OE2017

A Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas (FEPICOP) considera que o investimento é “o ponto mais fraco da proposta” de Orçamento do Estado para 2017 (OE2017). “Mais uma vez, não está previsto o crescimento do investimento público, que, num contexto de crise, era fundamental para dinamizar o investimento privado, a construção e para relançar a economia portuguesa”, refere a entidade em comunicado.

Notícia sobre:

Câmara de Coimbra avança para Estabilização da margem direita do Rio Mondego por oito milhões

A Câmara Municipal de Coimbra aprovou esta segunda-feira (dia 10) o projeto de execução da Estabilização da margem direita do Rio Mondego, entre a ponte de Santa Clara e o Açude Ponte, cuja intervenção ronda os oito milhões de euros.

Notícia sobre:

Desinvestimento na construção e imobiliário é "preocupante" para o setor, diz CPCI

A Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário (CPCI) diz estar preocupada com o comportamento "profundamente negativo" do investimento no setor, que registou uma quebra de 24% no primeiro semestre deste ano, face ao mesmo período de 2015, sendo que o Govermo previa um crescimento de 4,8%.

Notícia sobre:

Mota-Engil expande atividade na Irlanda e cria sede no Reino Unido

A Mota-Engil anunciou que, através das subsidiárias Glan Agua Limited – especialista em soluções de água e resíduos – e MEIC Limited – opera na área da engenharia civil –, expandiu as operações na Irlanda e criou uma sede neste país e no Reino Unido, gerando 60 empregos nos próximos cinco anos.

Notícia sobre:

Grupo Ramos Catarino comprado pelo fundo de investimento privado Vallis

O fundo de investimento privado Vallis, que através da Elevo agrega várias empresas do setor da construção civil e obras públicas, comprou o Grupo Catarino, dono da construtora Ramos Catarino. A operação de consolidação, já comunicada à Autoridade da Concorrência (AdC), foi feita pela Vallis Consolidation Strategies I, sociedade que adquire empresas em reestruturação e está integrada no universo Vallis Capital Partners, que têm adquirido empresas em vários setores de atividade.

Notícia sobre:

Governo aprova 15 milhões de euros para construção e remodelação de centros de saúde

Boas notícias para as construtoras (além dos utentes, claro está). O Governo aprovou a transferência de 15 milhões de euros para trabalhos de remodelação e construção de centros de saúde nos distritos de Lisboa, Leiria, Setúbal e Santarém.

Notícia sobre:

Imobiliário português agora dá quase o dobro do retorno aos investidores (12,1% em 2015)

Os investidores, sobretudo internacionais, fizeram de 2015 um ano recorde de investimento em imobiliário no mercado português. E agora entende-se porquê. Os imóveis em Portugal geraram um retorno do investimento de 12,1%, a melhor das performances registadas no país desde 2000. Em 16 anos de índice, o retorno médio proporcionado pelo imobiliário foi de 7,5%.

Notícia sobre: